Scroll Top

Como montar peixaria

Saiba com montar peixaria: No Brasil, a atividade de pesca é facilmente definida como lazer, não é mesmo? Porém, abrir uma peixaria pode ser um ótimo investimento para quem pensa em ter o seu próprio negócio.

Mas afinal, o que será que eu preciso considerar antes de abrir a minha peixaria? Confira neste artigo alguns aspectos fundamentais para montar a sua e ser seu próprio patrão.

1. Comece com a pesquisa para montar peixaria

A pesquisa inicial, no caso de quem pensa em montar peixaria, é a mais fundamental. Analisar como está o mercado na região do país em que você mora é o primeiro ponto a ser pensado, além dos seus concorrentes e quais são os tipos de peixes mais comprados pelo seu futuro público alvo.

Mas de uma forma geral, nós já podemos lhe adiantar quais são os tipos de peixes comumente mais procurados nas peixarias brasileiras, sendo eles: dourado, pescada, linguado, tilápia, traíra, namorada, anchova e surubim. Porém, muitas outras espécies de peixes também são comercializadas com maior frequência, tudo vai depender da região do país e cidade que você se encontra. Faça a pesquisa inicial e opte pelo que for mais viável – e lucrativo – ao mesmo tempo.

2. Qual é o melhor ponto comercial para investir e montar peixaria?

Preferencialmente as peixarias devem estar localizadas em locais de grande visibilidade, uma vez que se tiverem escondidas, ninguém nem mesmo saberá que elas existem. Uma ótima opção é montar peixaria em uma avenida ou rua bem movimentada que faça parte do trajeto do trabalho para casa da cidade ou bairro de seu planejamento.

Como montar peixaria

3. E qual será o meu investimento para montar peixaria?

Além das pescarias diárias e de muitos peixes fresquinhos à venda (principalmente nos finais de semana, quando a procura por esse atrativo cresce bastante), você também vai precisar investir em outras coisas, tais como: equipamentos gerais para o trabalho, como câmaras frigoríficas, freezers e balanças, além de um balcão para atendimento aos clientes, mesa para cortar carne, embalagens, acessórios – como facas apropriadas para o corte do peixe e demais equipamentos que se tornarão necessários no dia a dia de quem pensa em montar peixaria.

4. E quem serão seus fornecedores de peixaria?

Quem quer montar peixaria deve saber que não depende exclusivamente de seu trabalho para que tudo dê certo: você não pode confundir o trabalho com o seu hobbie de pescar, e por isso, quem pensa em levá-lo adiante precisará de um fornecedor, ou seja, de uma empresa que realiza pesca de forma legal e que possa repassá-la a você, para posterior compra do consumidor final.

Além dos fornecedores você também pode firmar determinadas parcerias com pescadores autorizados e de criadores de peixe, o que permite que seus peixes sejam de altíssima qualidade – além de esta ser uma atividade legal.

E já que estamos falando em legalização, aqui vai outro aspecto importante: não há qualquer possibilidade de montar peixaria sem um alvará da vigilância sanitária. Por isso, só dê início à realização da sua atividade com ele em mãos, para que a prefeitura municipal dê a licença de operação à sua empresa.

Como montar peixaria Sebrae

Sua Ideia de Negócio É Lucrativa?
Saiba quais são as 4 perguntas poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais... PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.